VOU CASAR. E AGORA?

VOU CASAR. E AGORA?

DOCUMENTAÇÃO_O que preciso saber antes de dar entrada no cartório e na Igreja

O sonho de construir uma vida a dois faz parte da história de amor de todo casal. Casar na Igreja, com véu, grinalda e tudo o que pede a tradição é o desejo da maioria das noivas. Porém, antes do grande dia é preciso ficar atento a documentos e aos trâmites legais que são necessários para se chegar ao altar.

Entrada no processo civil

Os noivos devem comparecer ao cartório para dar entrada no processo de habilitação para o casamento civil com antecedência recomendada de 90 dias da data pretendida para o casamento. Para esse processo, são necessários:

RGs originais;
CPF;
Certidões de nascimentos atualizadas; (Elas só têm validade de 120 dias a partir da data de impressão. A recomendação é que tenham sido atualizadas, no mínimo, há 90 dias da data de sua apresentação. O preço para atualizar o documento varia de R$ 28,36 e R$ 49,60, de acordo com o tempo de expedição;
Data de nascimento dos pais (caso sejam falecidos, data do falecimento);
Duas testemunhas com o RG original (Alguns cartórios pedem quatro testemunhas)

♥O cartório determinará um prazo para que os noivos retirem a Certidão de Habilitação, que é o documento que atesta que estão livres e desimpedidos para casar. Em João Pessoa, o casamento civil é realizado no Fórum da Cível da Capital, normalmente às quinta-feira.

Entrada no processo religioso na Igreja Católica

As paróquias pedem a documentação com antecedência. Geralmente, é preciso apresentá-la, no mínimo, com um mês antes da data marcada. Para dar entrada no processo religioso na Igreja escolhida, os noivos precisam dos seguintes documentos:

Cópias autenticadas do RG e CPF do casal;

Cópia de comprovante de residência;

Certificado do curso de noivos (O documento tem validade de seis meses. O curso custa, em média, R$ 20/casal e pode ser feito em qualquer paróquia)

Batistério atualizado (Documento que certifica que a pessoa foi batizada para fins de casamento. Deve ser solicitado nas Igrejas em que a noiva e o noivo foram batizados. Noivos que ainda não foram batizados precisam procurar o pároco seis meses antes do casamento, para regularizar a situação).

Licença (transferência) de paróquia. Necessária quando você não vai se casar na igreja do seu bairro;

Proclamas (Aviso que fica fixado no mural da Igreja mais próxima da residência durante três domingos. Se nenhuma pessoa aparecer dizendo que tem algum motivo que impeça o casamento, a documentação é liberada e o casal a leva para a igreja onde vão se casar. O documento deve ser solicitado na paróquia frequentada pelos noivos – mais próximas de suas residências).

Declaração do celebrante (Documento em que o celebrante declara que aceita presidir a cerimônia de casamento). Acesse modelo – Declaração do celebrante

Certidão de Habilitação (O casal deve levar a certidão de Habilitação à Igreja ou à autoridade religiosa, para que eles possam fazer o Termo de Religioso com Efeito Civil, documento que os noivos, padrinhos e celebrante assinam na hora da cerimônia).

Ficha de duas testemunhas Os nomes das duas testemunhas constarão na ata da celebração e na certidão de casamento (não pode ser pai, mãe nem menores de 18 anos). A ficha deve conter os seguintes dados: nome, profissão, idade, RG, estado civil, nacionalidade e endereço completo das testemunhas.

 

ATENÇÃO: Todos os documentos acima mencionados devem ser entregues na Igreja escolhida pelo casal. No caso das Igrejas do Centro de João Pessoa, os documentos deverão ser entregues na Secretaria da Catedral Basílica Nossa Senhora das Neves, 30 dias antes do casamento. A própria Secretaria se encarregará de enviar para a igreja escolhida pelos noivos.

 

Entrada no processo religioso na Igreja Evangélica

Para a Igreja Evangélica, o casamento é o momento em que os noivos selam seu amor. Para dar entrada no processo de celebração, os noivos devem procurar o seu pastor. Ele os orientará sobre todos os procedimentos necessários para a realização da cerimônia.

Casamento Religioso com efeito civil

Os noivos poderão dar efeitos civis ao casamento religioso, evitando, assim, duas celebrações. Neste caso, é conveniente que os noivos, quando da habilitação, apresentem declaração da autoridade religiosa com a data que eles pretendem se casar. Somente celebrantes religiosos podem realizar o Casamento Religioso com Efeito Civil. Pode ser de qualquer religião, desde que seja um Celebrante religioso a presidir a cerimônia. Neste tipo de casamento, os noivos não recebem a certidão de casamento na hora da cerimônia, e sim o Termo de Religioso com Efeito Civil, que é o documento que deve ser encaminhado ao cartório para ser trocada pela certidão de casamento civil.

♥LEMBRETE: Para os noivos que pretendem casar-se nas Igrejas do Centro de João Pessoa, recomenda-se que na quarta-feira após o casamento, os noivos ou seus pais peguem a documentação na secretaria Catedral Basílica Nossa Senhora das Neves e levem-na de volta ao cartório. A secretaria funciona das 14h às 16h30. Mais informações pelo telefone (83) 3221.2503.

CRONOGRAMA 

Fiquem atentos aos prazos:

DICAS ACRÓPOLIS

Para facilitar e ajudar as noivinhas de plantão, a Acrópolis separou alguns números e informações importantes:

Curso de noivos:                                                                                                                                                    

O curso de Noivos pode ser feito em qualquer Igreja. A gente indica a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Miramar, que há mais de 30 anos realiza o rito no primeiro sábado de cada mês. O custo é de R$ 20 por casal. Mais informações (83) 3247.5850

Cartórios

  • No 12° Cartório Registro Civil – Pereira Lima, em Mangabeira, o casamento custa R$ 300 reais. Mais informações pelo telefone (83) 3238. 6588;
  • No Cartório Aparecida Dornelas Serviço Registral, em Cabedelo, o valor do casamento é de R$ 280, que pode ser dividido em até 3 vezes (com juros). Mais informações pelo telefone (83) 3228.2122;
  • O Cartório Azevedo Bastos é o que tem menor prazo de entrega da documentação: em média 15 dias. O cartório informa valores apenas pessoalmente. Mais informações pelo site http://www.azevedobastos.not.br/casamento.php ou pelo telefone (83) 3225.5858.